NutriçãoTerceira Idade

Obesidade na Terceira Idade: a importância de um acompanhamento nutricional

By agosto 10, 2017 No Comments

A terceira idade é uma fase muito peculiar da vida. Para muitos, é a época da serenidade e da despreocupação. Outros, por sua vez, levam isto tão a sério que passam a não mais cuidar da saúde, abandonando de vez as atividades físicas. Talvez isso seja fruto de uma desmotivação que pode levar a problemas como depressão e compulsão alimentar. O que fecha este círculo vicioso é a obesidade que, quando instalada na terceira idade, pode ter consequências, agravando problemas pré-existentes ou abrindo campo para outros. E eliminar peso nesta idade torna-se uma tarefa difícil, já que o metabolismo se torna mais lento.

Entre os principais problemas que se instalam graças ao ganho de peso é o diabetes do tipo 2, causado não apenas pela diminuição da produção de insulina pelas células pancreáticas, mas também por conta de um aumento da resistência celular à ação da insulina. E tais condições podem trazer uma série de complicações como problemas renais, visuais e circulatórios. Leia mais em Diabetes na Terceira Idade: alimentação equilibrada é uma das chaves da boa saúde”.

Dislipidemias também são bastante comuns, o que pode gerar um entupimento de vasos sanguíneos. Estes podem, por sua vez, causar derrames. Além disso, com o coração mais enfraquecido, os riscos de infartos e anginas são ainda maiores. Também são comuns problemas musculoesqueléticos, já que o excesso de peso compromete a postura, as articulações, sobretudo as dos joelhos e tornozelos, que podem ocasionar quedas e fraturas. Outra área que merece atenção é a mental, já que estudos apontam que a obesidade na terceira idade pode levar a demências, como a doença de Alzheimer.

Como driblar a obesidade na Terceira Idade

O sobrepeso é algo preocupante em qualquer época da vida. No entanto, com a chegada da terceira idade, os cuidados devem ser redobrados. E para driblar esta condição é preciso analisar as causas que levaram a este aumento de peso. Se o fato estiver associado à ansiedade e depressão, deve-se procurar acompanhamento terapêutico.

O acompanhamento nutricional também deve estar presente para que seja feito um processo de reeducação alimentar. Neste caso, o idoso, seus familiares e cuidadores são alertados sobre os problemas do sobrepeso. Além disso, exercícios leves a moderados como caminhadas e hidroginástica também entram no pacote.

Porém, mais importante do que tudo isso é o carinho e o convívio com os familiares. A terceira idade é um período que deve ser encarado como a oportunidade para compartilhar experiências e reforçar as lembranças. Vamos aproveitar.