A síndrome metabólica descreve um conjunto de fatores de risco que se manifestam em um indivíduo e aumentam as chances de desenvolver doenças cardíacas, derrames e diabetes. A patologia geralmente ocorre em pessoas que estão acima do peso, daí a relação entre obesidade e síndrome metabólica.

Ela também é conhecida como síndrome da resistência insulínica, já que pessoas com a síndrome apresentam resistência à ação da insulina (hormônio responsável pelo metabolismo da glicose). Assim, quem tem síndrome metabólica produz mais insulina do que o necessário para manter o organismo funcionando e a glicose em níveis normais.

O diagnóstico da síndrome metabólica é feito a partir da avaliação dos fatores de risco. Se uma pessoa apresenta três das cinco características abaixo, ela é diagnosticada com a síndrome:

– Circunferência abdominal maior que 88 cm (mulher) e maior 102 cm (homem);
– Glicemia em jejum maior 100 mg/dl;
– Valores baixos de HDL, o colesterol bom, e elevados de LDL, o mau colesterol;
– Níveis aumentados de triglicérides e ácido úrico;
– Pressão arterial acima de 130 x 85 mmHg.

Idoso: veja como prevenir e tratar a síndrome metabólica

A maioria das pessoas que tem a síndrome metabólica não apresenta sintomas; por isso é preciso estar atento aos fatores de risco e, se necessário, procurar por um endocrinologista. A perda de peso e a prática de exercícios são as melhores formas de prevenção e tratamento. Abandonar o sedentarismo e ter uma alimentação equilibrada, portanto, são passos fundamentais. Além disso, é importante abandonar hábitos ruins, como o tabagismo e o consumo de bebidas alcoólicas.

De acordo com o site do Dr. Drauzio Varella, as manifestações da síndrome começam na idade adulta ou na meia-idade e aumentam muito com o envelhecimento. O número de casos na faixa dos 50 anos é duas vezes maior do que aos 30, 40 anos. Por isso, quanto antes você tiver hábitos saudáveis, melhor. Assim você evita complicações de saúde e aumenta a sua expectativa de vida. Faça disso, uma prioridade e não deixe para começar depois.

Até o próximo post!