Foi-se o tempo em que a marmita era vista com desconfiança, escolha daqueles que estavam sem grana para o restaurante. Com a preocupação crescente em relação à alimentação, a marmita conquista jovens e idosos que, cada vez mais, percebem que levar a própria comida nos dias em que estão fora de casa é uma ótima opção. Foi assim, quase sem percebermos, que a marmita acabou virando tendência.

Ser responsável pelo próprio alimento não só é mais econômico, como também mais saudável – afinal, você sabe a procedência dos ingredientes usados, cuida para que sejam bem higienizados, pode optar por pratos mais saudáveis e, consequentemente, controla a quantidade de sal, açúcar e gordura usados no preparo da refeição. Controla ainda a quantidade, evitando assim o famoso “olhão”, aquele momento em que são tantas as opções de um fast food, que acabamos colocando no prato muito mais comida do que gostaríamos e do que é necessário para a obtenção de energia.

O alto índice de pessoas com restrição alimentar, como celíacos e intolerantes à lactose, também incentivou a volta das marmitas. No entanto, cada vez mais pessoas percebem que a boa alimentação é um luxo e o número de adeptos das marmitas só cresce. É importante lembrar, no entanto, que uma marmita saudável deve conter variedade de alimentos, o que significa incluir um mix de folhas e legumes, proteínas e carboidratos, de acordo com as suas necessidades diárias.

Quem aderiu à escolha conta que o segredo é o planejamento. Assim, essas pessoas definem um dia para cozinhar e organizar em potinhos a comida da semana. Depois, vai tudo para o congelador. Aí é só tirar um dia antes e transferir para a geladeira. Assim, você deixa de ser um refém de alimentos processados e foge de uma dieta pobre em nutrientes.

Bolsas térmicas ajudam idosos a manter a alimentação saudável

Atualmente há uma infinidade de modelos de bolsas térmicas, com estampas masculinas e femininas, para levar o lanche, o almoço ou o jantar. Mesmo quem não trabalha fora pode se beneficiar com a onda das marmitas. Vai resolver alguma coisa fora e não tem hora pra voltar? Não sabe se há algum restaurante próximo de onde você vai? Não passe por dificuldade. Nessas horas um lanchinho pode te salvar, não é mesmo? Leve potinhos com nuts, que saciam e dão energia. Com as altas temperaturas é essencial se manter hidratado, principalmente na terceira idade. Por isso, que tal levar um suco natural ou mesmo água de coco natural? Potinhos com frutas cortadas é outra dica, mas essas são apenas algumas das inúmeras opções saudáveis que você escolher. Para manter tudo fresquinho, é bom investir em bolsas de gelo reutilizáveis. Pequenas e práticas, elas são facilmente acomodadas nas bolsas térmicas e podem ser encontradas em lojas de utensílios para casa.

Para saber o cardápio mais adequado para você, não deixe de procurar um nutricionista. Até o próximo post!