Carnes magras, frutas, verduras, legumes e distância das comidas gordurosas e de difícil digestão… Estas, com toda certeza, são algumas das recomendações feitas pela maioria absoluta dos médicos e nutricionistas que atendem pacientes com mais de 60 anos. E a explicação para isso é muito simples: esta fase da vida exige especial atenção no que se refere à saúde, especialmente quanto à alimentação. Porém, será mesmo que a turma da Terceira Idade não pode cometer um pecadinho de vez em quando, especialmente nas festas de fim de ano, quando costumeiramente a mesa é mais farta e cheia de pratos decorados de encher os olhos? A resposta é: Sim, os idosos também podem saborear comidas gostosas e mais pesadas, mas com moderação, muita, por sinal.

Como tudo na vida, o equilíbrio na alimentação é muito importante e não é porque o idoso manteve uma dieta regrada ao longo do ano que, chegando esta época, “vai enfiar o pé na jaca”. Não, não é isso e a explicação é muito simples. Há comidas de difícil digestão e que têm um percentual de gordura elevado. Se a pessoa estiver bem, sendo da Terceira Idade ou não, com todos os exames em dia, não há problema em ter este prazer eventual, repito: eventual.

Comer pratos saborosos e acompanhado pela família em um momento de confraternização é um prazer e tanto e um direito de todo mundo, desde que a saúde esteja ok. Sem contar que estes momentos ajudam também em outros aspectos como o bem-estar emocional. Mas, a coisa muda de figura se o paciente estiver com problema nos exames. Aí, é melhor ficar longe dos pratos típicos desta época e se manter na dieta regular de sempre. Além disso, é fundamental que sejam realizadas medidas de controle para evitar problemas.

Outro ponto que merece especial atenção é quanto à bebida: drinks com açúcar como cairipirinhas e mojitos também deve ser evitados. Além disso, destilados como cachaça, vodca, uísque, rum e outros também devem ser evitados. A bebida alcoólica ideal é o vinho, de preferência uma taça de um bom tinto. Para os brindes, vale champanhe, mas apenas uma única taça também e com pouca quantidade.

Em caso de dúvidas, não esqueça de consultar seu médico e nutricionista de confiança. Viva com saúde e aproveite a vida. Boas Festas!

Leave a Reply