Dia 4 de fevereiro é lembrado em todo o mundo como o “Dia Mundial de combate ao Câncer”. Silencioso ou com sintomas visíveis, de evolução lenta ou rápida, esta é uma doença que causa sustos e, em muitos casos, representa uma sentença de morte. Se na terceira idade, qualquer problema de saúde parece adquirir grandes proporções, os idosos e seus familiares devem ficar ainda mais atentos. Com o aumento da expectativa de vida, os idoso passaram a ter mais chances de desenvolver algum tipo de câncer.

Isto é perfeitamente justificável já que, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de brasileiros acima de 65 anos deve aumentar em até quatro vezes até 2060, quando a expectativa de vida das mulheres deverá chegar a 84,4 anos e, a dos homens, 78,03. Uma pesquisa da Organização das Nações Unidas (ONU) apontou que pessoas acima de 65 anos de idade tem 11 vezes mais probabilidade de desenvolver câncer do que alguém mais jovem.

Idosos e Câncer – Principais tipos de câncer que atingem idosos e sua prevenção

Pesquisas indicam que os tumores ocupam a segunda posição na lista das doenças que mais matam os idosos. Segundo a ONU, os tipos de câncer mais comuns na terceira idade são os tumores de pele, próstata, mama, colón, reto, estômago, pâncreas, bexiga, pulmão e linfoma não-Hodgkin. Hábitos e estilo de vida estão diretamente relacionados ao aparecimento de um câncer.

Portanto, a prevenção é um fator muito importante e quanto antes começar, melhor. A partir dos 45 anos, os homens devem procurar um médico para fazer os exames preventivos do câncer de próstata. Já as mulheres, a partir dos 40, devem realizar mamografias anuais para detecção de tumores de mama, e exames ginecológicos para prevenção do câncer de colo do útero. Outro tipo de câncer que requer atenção é o de intestino e os exames de prevenção devem começar a partir dos 50 anos para homens e mulheres.

Portanto, mantenha hábitos saudáveis e evite o consumo de álcool e cigarro. Procure ter uma alimentação o mais natural possível, com frutas, verduras e legumes, alimentos integrais e com baixo consumo de processados. Outro ponto importante é manter uma rotina de atividades físicas leves, beber bastante água e usar filtro solar, mesmo no inverno. Ah! Não se esqueça de consultar seu nutricionista. Viva seus melhores dias e seja cada vez mais feliz. Até o próximo post.