Recentemente muitas pessoas passaram a ter o hábito de consumir água com limão pela manhã, ainda em jejum. A fruta teria o poder de influenciar o emagrecimento, desintoxicar e alcalinizar o organismo. No entanto, não há comprovação científica dos benefícios acima e tomar água com limão na terceira idade, assim como em qualquer fase da vida, pode até trazer prejuízo ao organismo caso isso seja feito de maneira indiscriminada.

Abaixo veja o que é verdade e o que é mito quando o assunto é água com limão.

– Antioxidante, o limão é rico em vitamina C, o que ajuda a reforçar o nosso sistema imunológico. Misturar o limão com água não faz diferença.

– O limão tem propriedades que diminuem a absorção de gordura, o que pode ajudar no processo de emagrecimento. No entanto, se o idoso não mantiver uma rotina de exercícios e uma dieta equilibrada, água com limão de nada vai adiantar.

– Outro mito refere-se ao fato de que a água com limão teria o poder de alcalinizar o organismo – ou seja, deixá-lo menos ácido. O limão, assim como o ambiente estomacal, é bem ácido, então não há como isso acontecer. O equilíbrio das substâncias ácidas e alcalinas acontece naturalmente e é um processo feito por nosso próprio corpo, que tem um controle bem estabelecido de PH.

– O limão também pode prejudicar o esmalte dos dentes, já que sua acidez retira a camada protetora dos dentes.

– Pessoas sensíveis ao ácido cítrico devem evitar tomar a bebida, já que podem apresentar queixas gástricas e dor de cabeça, por exemplo.

– Se somada ao uso de alguns medicamentos, o limão pode ainda impedir a correta metabolização dos mesmos. Por isso, antes de inserir qualquer nova dieta à sua rotina, principalmente na terceira idade, é importante conversar com o seu nutricionista.

Até o próximo post!